function add_meta_tags() { echo ''; echo ''; echo ''; echo ''; echo ''; } add_action('wp_head', 'add_meta_tags'); 7 principais custos ao abrir uma clínica de radiologia - ImportInvest
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Locação de Equipamentos
Médico Hospitalar
Médico Hospitalar

7 principais custos ao abrir uma clínica de radiologia

By 14 de setembro de 2018 No Comments

Existem muitos profissionais da medicina que planejam abrir uma clínica própria para atender seus pacientes e entrar no mercado de forma competitiva. Entretanto, existe uma forte resistência por conta dos custos que podem estar envolvidos na abertura de uma clínica de radiologia.

Você já tem ideia de quais são os principais custos ao abrir uma clínica de radiologia? Um bom planejamento financeiro é muito importante para avaliar todos os gastos que estão envolvidos nesse projeto e estimar o tempo de retorno sobre o investimento. É dessa forma que você consegue criar uma estrutura de ponta que permita um bom atendimento ao público.

Para que você consiga fazer um planejamento realista, listamos, a seguir, os principais custos ao abrir uma clínica de radiologia. Confira.

Quais os principais custos ao abrir uma clínica de radiologia?

O conhecimento sobre os custos ao abrir uma clínica de radiologia permite que você aplique os seus recursos da melhor forma possível – evitando gastos surpresas em meio ao projeto. Veja quais são eles:

1 Estrutura física da clínica

O planejamento sobre os custos de abrir uma clínica de radiologia deve iniciar pela avaliação sobre o local em que você instalará o empreendimento. Existe uma grande diferença entre um profissional que já tem um espaço adequado, um médico que opta pela compra dele ou outro profissional que prefere a locação.

Além dessas diferentes possibilidades, também é necessário avaliar os custos que podem ser necessários para realizar reformas e deixar o local pronto para se transformar em uma clínica de radiologia – incluindo consultórios, banheiros, recepção, sala de espera, copa e amplo estacionamento para receber os clientes.

2 Custos burocráticos e administrativos

A legalização de uma clínica de radiologia também pode representar várias despesas para um profissional que planeja abrir o seu próprio empreendimento. É preciso seguir todas as normas legais que regulam a abertura de uma empresa no ramo da saúde e contratar um profissional da contabilidade para auxiliar no encaminhamento de todos os documentos e registros necessários.

3 Pessoal

Para que uma clínica funcione, é necessário que existam vários profissionais atuando, não é? Isso inclui não só os da saúde, mas, também, recepcionistas, serviço de limpeza, auxiliares administrativos, entre outros. Todos esses funcionários geram custos para uma clínica: contratação, capacitação, salários, encargos trabalhistas, etc.

4 Marketing

Apesar das limitações impostas à publicidade na área da saúde, uma clínica de radiologia que está iniciando as suas atividades precisa colocar em prática ações de marketing para chamar a atenção dos potenciais clientes. Por esse motivo, as despesas com esse ativo também precisam fazer parte do planejamento financeiro para abrir uma clínica.

5 Mobiliário e decoração

Mesas, cadeiras, cortinas, armários, computadores, camas, macas, cadeiras de roda, equipamentos médicos e cirúrgicos, entre outros. São vários os custos para comprar todo o mobiliário e decoração necessários para que uma clínica de radiologia comece a atuar no mercado.

6 Estoque inicial

Para abrir uma clínica de radiologia, também é necessário que seja composto um estoque inicial – que inclui medicamentos, insumos de uso geral (gaze, esparadrapo, seringas, etc) e equipamentos para diagnostico, tratamento e recuperação de pacientes. Ou seja, é mais uma despesa que precisa ser considerada no seu planejamento.

7 Maquinário

Por fim, também é preciso estimar os custos com o maquinário necessário para realizar todos os exames de uma clínica de radiologia. É justamente por conta do alto valor para aquisição desses equipamentos que muitos profissionais adiam o planejamento de abrir a sua clínica.

Entretanto, existem várias possibilidades que podem ser estudadas para diminuir esses custos, e um ótimo exemplo disso são as empresas terceirizadas, que fornecem o maquinário necessário para que você comece a atender o público sem ter que fazer um alto investimento para comprar os aparelhos, como a Importinvest.

Principalmente para empresas que estão começando a sua presença no mercado e possuem um orçamento mais restrito, a terceirização do maquinário é uma ótima manobra para otimização dos custos e viabilização do negócio.

Você já conhecia os principais custos para abrir uma clínica de radiologia? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário e até a próxima.