function add_meta_tags() { echo ''; echo ''; echo ''; echo ''; echo ''; } add_action('wp_head', 'add_meta_tags'); Como dimensionar a quantidade de equipamentos de radiologia para sua clínica? - ImportInvest
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Locação de Equipamentos
Médico Hospitalar
Médico Hospitalar

Como dimensionar a quantidade de equipamentos de radiologia para sua clínica?

By 2 de outubro de 2018 No Comments

A definição dos equipamentos de radiologia necessários para o desenvolvimento das atividades de uma clínica de radiologia é um grande desafio para os gestores que estão dando os primeiros passos no mercado. Quanto mais completo for o maquinário, melhor será a qualidade do atendimento ao cliente – mas os custos crescem na mesma proporção.

Os equipamentos de radiologia são essenciais para as atividades de uma clínica – afinal, sem os aparelhos é impossível que sejam feitos exames e diagnósticos. É por esse motivo que esse é um dos assuntos que mais desperta dúvidas entre os profissionais que desejam abrir a sua própria clínica de radiologia.

Você tem curiosidade de saber como dimensionar a quantidade de equipamentos de radiologia para sua clínica? Acompanhe.

Importância de planejar os equipamentos de uma clínica

Não restam dúvidas de que os equipamentos de radiologia são fundamentais para uma clínica. Entretanto, a sua importância vai muito além da execução dos exames necessários por conta do impacto causado nos custos da empresa e na satisfação dos pacientes.

Veja os principais fatores que demonstram a importância de planejar os equipamentos de uma clínica:

  • Mix de serviços oferecidos. Os serviços que você pode oferecer ao cliente dependem diretamente dos equipamentos que você tem à disposição na sua clínica.
  • Qualidade entregue. A qualidade dos exames também varia bastante de acordo com a tecnologia utilizada pelos equipamentos. Afinal, um equipamento de radiologia digital conta com recursos mais precisos do que um convencional.
  • Gestão de custos. Os valores de aquisição, utilização e manutenção dos equipamentos exercem influência sobre os custos operacionais da clínica – impactando diretamente na sua lucratividade.
  • Processos internos. A estrutura dos processos internos também varia de acordo com a utilização dos equipamentos da clínica de radiologia.
  • Necessidade de pessoal. O número de equipamentos dita a quantidade de exames que podem ser realizados pela clínica – exercendo influência sobre o número de profissionais necessários para realizar os atendimentos.

Como dimensionar a quantidade de equipamentos de radiologia para sua clínica?

Dimensionar corretamente a necessidade de equipamentos para uma clínica radiológica significa tomar essa decisão baseada em custos e processos que realmente são necessários para não desperdiçar recursos e maximizar os resultados obtidos. Confira algumas dicas para acertar no momento de realizar essa avaliação:

Capacidade física da clínica

O primeiro fator a ser analisado é a capacidade física da clínica. De nada adiantaria adquirir 10 equipamentos quando existe espaço para alocar apenas 4, não é? É necessário pensar em todo o layout e no funcionamento interno das atividades para definir a quantidade de equipamentos de radiologia para a sua clínica.

Atendimentos por dia

Quanto atendimentos você deseja realizar por dia? No momento de avaliar os custos para abrir uma clínica, também é preciso estimar as receitas obtidas ao longo dos meses. É dessa forma que você avalia a viabilidade do negócio e estima o tempo de retorno do investimento.

Portanto, é importante se basear nessas projeções para definir quantos atendimentos devem ser realizados diariamente para gerar lucro. Com uma comparação entre os custos dos equipamentos e a receita dos atendimentos será possível visualizar melhor a quantidade de equipamentos necessários.

Capital disponível

Outro fator importante para dimensionar esse ativo da sua clínica é o capital disponível para iniciar o investimento. Quanto você está disposto a gastar? Quais são os custos operacionais que você estima para conseguir equilibrar as contas? Como é possível criar uma harmonia entre custos e receitas?

Considere o valor que você está disposto a investir e faça simulações com quantias variadas de equipamentos – considerando tanto a sua compra quanto a locação. A partir desses cenários simulados, vai ficar mais fácil enxergar a quantia ideal de equipamentos.

Mix de serviços oferecidos

Como vimos, o mix de serviços oferecidos para os clientes da sua clínica depende diretamente dos equipamentos que você tem à disposição. Por esse motivo, também é importante avaliar quais são os serviços mais procurados.

Terceirização: uma ótima solução para equipamentos de radiologia

Muitos gestores que pensam em abrir a sua clínica de radiologia ficam com um pé atrás por conta dos altos custos para aquisição de equipamentos de radiologia. Entretanto, existe uma alternativa que torna a abertura da empresa mais viável: a terceirização desses equipamentos.

Em vez de comprar todos os equipamentos necessários, você pode optar pela sua locação. Dessa forma, é possível reduzir custos com a compra de bens de alto valor e, ainda, utilizar os equipamentos mais avançados tecnologicamente – oferecendo um serviço de qualidade aos pacientes.

E então, já conhecia todos esses fatores que devem ser considerados para dimensionar a quantidade de equipamentos de radiologia para sua clínica? Se você ficou interessado pela terceirização dos equipamentos, conheça os serviços prestados pela Importinvest e até a próxima.